A suspensão das aulas em Ulianópolis, devido a necessidade de isolamento social para o combate a COVID-19, trouxe novos desafios para os gestores educacionais não só no que se refere à condução das aulas remotas.



A suspensão das aulas em Ulianópolis, devido a necessidade de isolamento social para o combate a COVID-19, trouxe novos desafios para os gestores educacionais não só no que se refere à condução das aulas remotas, mas também de como organizar e preparar professores, alunos e escola para este novo processo.

No dia 28 de abril, o Conselho Nacional de Educação (CNE) enviou ao Ministério da Educação (MEC) uma resolução com diretrizes referente ao período de suspensão do ensino presencial e o retorno no contexto da pandemia. Entre outros temas o documento fala de diversidade de atividades no ensino remoto, ações de acolhimento e avaliações diagnósticas. O texto foi aprovado pelo MEC no dia 1º de junho com a suspensão do trecho que se refere às avaliações.

Com a prorrogação do Decreto Municipal, a Secretaria Municipal de Educação publicou a Portaria 008/2020 - SEMED, informando o retorno das atividades nessa segunda-feira, 15 de junho, após pesquisa realizada entre os profissionais da educação, e levantamento das condições de acesso a rede internacional de computadores de cada aluno, seguindo recomendações dos órgãos colegiados de educação e recomendações da saúde.

Segundo Aurelino Gomes, Secretário Municipal de Educação:
Durante todo o período de suspensão das aulas escolares a SEMED pesquisou e interagiu com os órgãos superiores no sentido de restabelecer a ordem, e agora há amparo legal para o retorno das atividades, com a elaboração de um novo Plano Pedagógico para execução das aulas a distância.
O novo processo trouxe uma sobrecarga para os gestores educacionais não só no tocante à condução das aulas remotas, mas também de como organizar e preparar todos para o retorno, uma vez que a pandemia trouxe muitas novidades no trabalho, as aulas agora são em dois formatos diferentes.

Atendimento domiciliar para alunos da Escola Renascer do km 14.
Além da resolução dos problemas, como gestão de crise, tomada de decisões e atendimento da comunidade escolar, diretores e coordenadores também precisaram se envolver no novo processo que foi demandando para dar mais segurança a toda a equipe.

Mesmo num cenário de tanta volatilidade e mudança rápida de decisões que obrigou a todos ter um plano de ações, os resultados tem sido reveladores, na forma criativa das soluções das questões e na versatilidade profissional de cada um, que se mostram abertos ao novo, confirmando mais uma vez porque Ulianópolis está no topo da educação no estado do Pará.

Entrega de atividades para alunos da Escola São José, Km 60.
Para os pais a atitude é louvável, demonstra preocupação e zelo pelos alunos neste momento de dificuldade, e demonstram bastante compreensão com as novidades, apesar da possibilidade de aprimoramento das ações conforme as adversidades vão surgindo, para os alunos é só alegria e diversão.

E nesse novo cenário alguns aspectos podem se tornar legados para a Educação a médio e longo prazo, como o esforço permanente para recuperação da aprendizagem como política contínua, o fortalecimento da relação família-escola e a tecnologia como aliada constante.
Assessoria de Comunicação - ASCOM
Secretaria Municipal de Educação - SEMED
Prefeitura de Ulianópolis
Escrevendo Uma Nova História

Data de publicação: 10/08/2020

Compartilhe!